Máquina de Escrever

Meio século antes de Ridley Scott ter partido de um romance de Andy Weir para nos contar a história de um astronauta perdido em Marte uma outra narrativa com premissas semelhantes fazia dessa aventura a uma das mais elaboradas representações do planeta vermelho no cinema até à data. Realizado por Byron Haskin, realizador que nos anos 50 assinara várias outras experiências sci-fi, da adaptação de A Guerra dos Mundos de H.G. Wells em 1953 à de Da Terra à Lua de Júlio Verne em 1958, passando por The Conquest of Space (1955), todos eles exemplos de primeiras produções Technicolor nestes domínios, Robinson Cruose on Mars pode não ter representado o mais expressivo dos seus êxitos em bilheteira. Mas, mais de 50 anos depois, tornou-se um caso de culto a ponto de merecer agora uma edição em DVD e Blu-ray com faixa áudio de comentários pelo especialista em efeitos visuais…

View original post 419 more words

Advertisements